segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Importante: O que fazer com o "Lixo Especial"

Nosso lixo deveria ser separado e coletado de maneira diferente, afinal nem todo lixo é lixo inutilizável de verdade. Muita coisa se aproveita e se reaproveita. Embora não haja coleta seletiva efetiva, é possível fazermos a nossa parte!


LâmpadasO que fazer: separar as fluorescentes num lixo à parte, embalados por papel (pode ser jornal mesmo) ou dentro de caixas bem fechadas pois se misturados ao lixo doméstico, por exemplo, os cacos podem facilmente ferir os catadores. Já as lâmpadas incandescentes não são recicladas, uma vez que, segundo mostram as pesquisas, não causam impacto negativo no meio ambiente - elas devem ser depositadas, portanto, no lixo comum.

BateriasO que fazer: reciclam-se só as de telefones sem fio, filmadoras e celulares - as outras, assim como as pilhas, têm baixa concentração de metais pesados e por essa razão não são tidas como prejudiciais ao meio ambiente. Para reciclar, faça um lixo separado: como as baterias são frágeis, podem romper-se e contaminar o restante dos detritos.

Cacos de vidros planos e de espelhosO que fazer: embalar em papel (pode ser jornal mesmo) ou dentro de caixas bem fechadas e colocar num lixo separado. Estes devem ser encaminhados para vidraçarias - e não para as tradicionais fábricas que reciclam vidro.